Advogado para Alienação Parental

Quando um casal se separa de forma pouco amistosa ou, mesmo vivendo junto, não se dá muito bem, não é raro uma das partes (ou mesmo as duas) usar os filhos como intermediários do que não está resolvido emocionalmente. Alienação parental é caracterizada quando há uma lavagem cerebral na criança, ou seja, quando uma mãe ou um pai atribui características falsas do outro genitor à criança e isso faz com que ela deteste o outro genitor, que normalmente não é o guardião. No meio das atitudes maldosas de adultos, os pequenos são os que mais sofrem – e as consequências podem surgir em curto, médio e longo prazo. Segundo a lei, são considerados exemplos de alienação parental: dificultar o contato da criança ou do adolescente com um dos genitores; fazer campanha para desqualificar o comportamento de um dos genitores, ou seja, jogar a criança contra o pai ou a mãe; apresentar falsa denúncia contra um dos genitores com a finalidade de dificultar a convivência da criança com o mesmo.

Portanto, você que percebe que seus filhos estão recebendo uma alienação parental, entre em contato conosco, faça uma consulta que nosso advogado especialista em Direito de Família analisará minunciosamente seu caso e o orientará da melhor forma possível, garantindo assim os seus direitos e evitando abusos.

Não deixe o direito de seu filho ser lesado, procure imediatamente nosso advogado especialista em Direito de Família que, por meio de uma ação baseada no Direito de Família, defenderemos e restabeleceremos os seus direitos.

Entre em Contato